Alimentícia e Farmacêutica

Resistindo regimes severos de limpeza

Químicas agressivas encurtam a vida útil da vedação

CIP (Cleaning In Place) e SIP (Sterilization In Place) automatizados são hoje os melhores métodos para limpar sistemas de processamento. Estes garantem a segurança e a eficiência, previne a contaminação tóxica de produtos e reduz recontaminação do processo. Suas formulações complexas químicas podem rapidamente causar um estrago severo a vedações, especialmente em aplicações com carga e pressões. Com temperaturas altas e esterilização de vapor, no qual normalmente variam até 150°C/302°F, esta deterioração é intensificada.

Clique aqui para olhar nossos evidências CIP

Clique aqui e leia mais sobre nossos Resultados de pesquisa


Soluções de custo-efetivo condizentes as normas e padrões
Combinando o material da vedação ao meio onde ela foi aplicada e também as soluções químicas de limpeza, isto pode aumentar os intervalos entre a manutenção planejada e a produção entregue. Com detalhes de seus requisitos específicos, A Trelleborg pode propor soluções rentáveis que são condizentes a todos padrões e normas importantes e que são testados e aprovados em quase todos regimes conhecidos de limpeza.

Escolha entre os seguintes tipos de material:

  • EPDM material de vedação com custo-benefício alto projetado para tecnologia asséptica
  • Desempenho excelente entre uma variedade de materiais FKM
  • Propriedade avançada de Fluoroelastomero Resifluor™ 500
  • Isolast® Perfluoroelastomer materiais combinando a elasticidade de um elastomero com compatibilidade química quase universal
  • Vedação em PTFE Turcon® que fornece compatibilidade química quase total com características de atrito incomparável

CIP (Cleaning In Place)

CIP cleaning and disinfecting media are essential; their uses include:

  • Removing residues and calcium deposits from the product contact surfaces of processing systems
  • External cleaning of processing systems
  • Disinfecting previously cleaned surfaces of processing systems, their components, and packagings

The main categories of commercially available CIP cleaning and disinfecting media are as follows:

  • Alkaline CIP cleaning media, such as those based on sodium hydroxide or potassium hydroxide, with or without added surfactants
  • Acidic CIP cleaning media based on mineral or organic acids – with or without added surfactants
  • Chlorine-alkaline cleaning media based on sodium hypochlorite
  • Acidic CIP disinfecting mixtures with peracetic acid and/or hydrogen peroxide as oxygen donor – in some cases with added surfactants
  • Additives to enhance the cleaning effect of CIP media, often containing active oxygen (for example H2O2) to break down organic contaminants more effectively

The following factors are critical in ensuring optimal seal life:

  • Cleaning temperature – the temperature of the CIP media has a decisive effect on the chemical activity of the detergents.
  • Concentration of the CIP cleaning media – this should be selected in strict observance of the manufacturers' recommendations.
  • Cleaning media exposure time of the sealing material.In turn the necessary exposure time depends strongly on mechanical factors such as the flow rate of the media in the lines, and on the hygienic design of the system components. In particular factors such as the surface quality of the components, the presence of dead spaces, the design of corner radii and the fluidic design of the system have a major impact here.
  • Design of the seal
  • Correct choice of material

Resultados de pesquisa

Testes comprovam que a escolha do material da vedação correto para uma aplicação pode estender a vida útil do item

Especificar o material correto da vedação quando soluções CIP e SIP são usadas não é uma questão simples, e os seus padrões realmente não ajudam. Eles só oferecem informação geral e referem-se somente a grupos de materiais elastoméricos e, por tanto, sua conformidade com estes padrões. Isto é porque a Trelleborg Sealing Sloutions tem executado testes para apoiar seu clientes recomendando o melhor material de vedação para aplicações específicas.

Compatibilidade do material em testes CIP e SIP

Estudos realizados pela Trelleborg Sealing Solutions têm avaliado o desempenho de materiais numa grande variedade de fluidos e solvente CIP que são comercialmente disponíveis e comumente utilizados. Como o processo de CIP agora normalmente é seguido por esterilização em vapor aquecido em até 150°C/302°F, os testes também foram executados nestas condições.

As propriedades mais importantes observadas, tais como:

  • Mudança de volume
  • Mudança de peso
  • Mudança de comprimento em pausa
  • Mudança de força elástica
  • Mudança em dureza

Recomendações baseadas em resultados

Como foi esperado, os fluidos de CIP e suas temperaturas altas levaram alguns elastomeros testados aos seus limites de desempenho. É importante citarmos que os resultados de materiais diferentes, apesar de dentro da mesma família de polímeros básicos, foram vastamente distintos. Isto permitiu que a Trelleborg Sealing Solutions projetasse materiais que proporcionam desempenho máximo em regimes de CIP e SIP.
Conclusões gerais:

  •  EPDM

Os materiais EPDM E7502, E7518 e E8502 exibiram resultados excelentes na maioria de fluidos de CIP e vapor sobreaquecido. Os testes provaram que estes materiais podem ser usados com solvente polares agressivos tal como Acetona e Methyl-Ethyl-Ketone (MEK). Devido à natureza apolar de EPDM, eles não são recomendados para alimentos extremamente gordurosos e alguns lubrificantes de grau alimentício.

  • Saiba mais sobre EPDM
  • FKM
    O padrão V8605 mostra desempenho bom em fluidos ácidos com oxigênio ativo e solvente apolar, no entanto, seu tempo de exposição em vapor deve ser limitado. O FKM V8T41 premium pode ser exposto em vapor até 170°C/338°F e é também mais resistente aos tipos de fluidos de limpeza. As vedações deste material possuem vida útil mais longa do que uma vedação de FKM padrão. Ambos são compostos polares e podem ser utilizados em alimentos gordurosos, cosméticos, óleos e lubrificantes.
    Saiba mais sobre o material FKM
  • Resifluor™ 500
    A arquitetura rara do polímero Resifluor ™ 500 pode ser usada em ambos fluidos, polares e não-polares, e também sobre todos os meios de solução CIP e em vapor sobreaquecido. Estes também exibiram propriedades excelentes em solvente tais como MEK, Toluene e Acetona. O fato do Resifluor™ 500 ter as características combinadas de um EPDM e fluorado FKM o faz deste material ideal para correntes de processo misturados.
    Saiba mais sobre o Resifluor™ 500
  • Isolast®
    O Isolast® FFKM proporcionou o melhor desempenho em todas as situações de teste. Além do mais, foi testado em vapor de temperaturas de até 240°C/464°F. Isto significa que o Isolast® deve ser selecionado para as aplicações mais críticas onde as paradas de linhas não podem ser toleradas.
    Saiba mais sobre Isolast®
  • Turcon®
    O Turcon® PTFE é um material base de vedações que possuem compatibilidade química quase universal e são capazes de operar em temperaturas altas e em vapor. Isto faz com que estes seja ideal para uso em regimes de CIP e SIP. O alcance do material Turcon® MF foi especialmente desenvolvido para aplicações assépticas, com conformidade aos padrões e normais mais importantes.
    Saiba mais sobre o Turcon®

    Resultados de testes de CIP e SIP
    A tabela abaixo fornece uma visão geral e fácil do desempenho de condições de prova da Trelleborg Sealing Solutions em seu portfólio de materiais.

    Para obter a melhor recomendação para uma aplicação específica, por favor contate o escritório comercial de sua localidade da Trelleborg Sealing Solutions. Consulte nossa lista de contatos.

    Escolhendo o melhor material para vida útil prolongada
    Embora testes padrões de imersão forneçam informação detalhada sobre a aptidão de materiais em certos fluidos, estes não são muito úteis em predizer o comprimento da vida últil de materiais de vedações. Isto é porque a Trelleborg Sealing Solutions estendeu seus testes para margens maiores de temperaturas, concentrações altas químicas e mais longos tempos de imersão.

    No primeiro teste, uma variedade de materiais de FKM foram testados em duas temperaturas diferentes. Na temperatura mais baixa, todos os compostos mostraram bons resultados. No entanto, estes bons resultados não ocorreram em teste com temperatura mais alta, e assim as diferenças entre as características dos materiais tornaram-se claras. Na segunda prova, a concentração de meios de comunicação de CIP foi mudada de 1% a 2%. Outra vez, as diferenças só tornaram-se aparente nas condições mais exigentes.

    Por empreender estes testes mais extensos, a Trelleborg Sealing Solutions pode recomendar vedações que:
  • Fornecem vida útil estendida
  • Diminui custo de manutenção
  • Reduz o custo do ciclo de vida